Assembleia da CNBB termina nesta sexta-feira

Assembleia da CNBB termina nesta sexta-feira

Curtir
55
1
sexta-feira, 10 maio 2019
Dicas

Na penúltima entrevista coletiva de imprensa, nesta quinta-feira, 9 de maio, a atual presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) – composta pelo cardeal Sergio da Rocha, presidente; dom Murilo Krieger, vice-presidente; e dom Leonardo Steiner, secretário-geral – apresentou um balanço do trabalho desenvolvido no último quadriênio 2015-2019, destacou os elementos chaves da 57ª Assembleia Geral e da Mensagem ao Povo Brasileiro, divulgada dia 7 de maio.

O arcebispo de Brasília, cardeal Sergio da Rocha, procurou retomar o caminho percorrido sem “fazer um resumo”, ressaltando apenas os aspectos mais importantes. O cardeal disse que a atual presidência procurou respeitar e valorizar todas as instâncias da CNBB (Conselhos Permanente e Episcopal Pastoral, Regionais e as Assembleias). “Sempre quando a presidência se pronuncia ou encaminha algo, o faz respeitando todas estas instâncias”, disse.

No quadriênio, detalhou o presidente, foram emitidas 50 mensagens, notas e declarações da CNBB sobre aspectos da realidade social e política do Brasil. A Palavra de Deus e a Doutrina Social da Igreja, ressaltou o cardeal Sergio, são sempre as duas fontes de referência para escrever as mensagens. “A CNBB não é um partido político como muitos dizem. Ela se manifesta sempre à luz de suas fontes. Frente à realidade, ela busca cumprir a sua missão de ser profética”, disse.

O presidente destacou também as publicações realizadas no período, como a tradução oficial da Bíblia da CNBB que será usada como referências pelas comunidades católicas de todo o país e os documentos do Concílio Vaticano II.

Padre Andrey Nicioli, que acompanha a 57ª Assembleia da CNBB, traz um balanço do penúltimo dia de trabalho dos bispos, direto de Aparecida (SP)

Compartilhe:

One Comment

  1. Felipe Dias says:

    Artigo excelente! Só informação de qualidade, meus parabéns ao autor (a), é esse tipo de informação que me leva a ler todos os dias temas como este.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.