Buscar

SANTO EUSÉBIO DE VERCELLI, EXEMPLO DE DEFESA DO CRISTIANISMO.


Origens

Eusébio nasceu na ilha da Sardenha no ano 283. Após a morte do pai, foi levado pela mãe para Roma para terminar os estudos eclesiásticos. Eusébio entrou para o clero muito jovem, e logo foi ordenado sacerdote. Em 345, foi consagrado bispo da diocese de Vercelli pelo Papa Júlio I.


Exílio

Durante o Concílio de Milão, em 355, Eusébio e outros bispos foram contra o Arianismo, que negava a divindade de Cristo. Por isso, foram condenados ao exílio na Palestina. Lá, Eusébio sofreu torturas físicas e psicológicas.


Em seguida, foi mandado para a Capadócia, na Turquia, e, de lá, para o deserto de Tebaida no Egito. Depois de seis anos de exílio, Eusébio, finalmente, alcançou a liberdade. Ele continuou o trabalho de evangelização indo a Antioquia, Ilíria, Itália e França.


Páscoa

Eusébio faleceu no dia 10 de agosto de 371 na diocese em Vercelli.

Suas relíquias foram sepultadas na catedral de Vercelli e permanecem lá até hoje.


Minha oração

“Santo Santo Eusébio de Vercelli, bispo e mártir, exemplo de defesa da fé em Cristo, pedimos a força para vencer toda a tentação e seguirmos o caminho do Evangelho. Amém.”

Santo Eusébio de Vercelli, rogai por nós!


Outros santos e beatos celebrados em 2 de agosto:

  • São Pedro Julião Eymard, presbítero. Morreu na localidade de La Mure, perto de Grenoble, na França, onde tinha nascido. († 1868)

  • Na África Setentrional, na atual Tunísia, a comemoração de São Rutílio, mártir. († a. 212)

  • Em Roma, no cemitério de Calisto, Santo Estêvão I, papa. († 257)

  • No território de Burgos, na Hispânia, Santa Centola, mártir. († data inc.)

  • Em Pádua, na Venécia, hoje na Itália, São Máximo, bispo, que é considerado sucessor de São Prosdócimo. († s. III-IV)

  • Em Marselha, na Provença, região da Gália, atualmente na França, São Sereno, bispo. († d. 601)

  • Em Chartres, na Nêustria, hoje também na França, São Betário, bispo. († c. 623)

  • Em Palência, na região de Castela, na Espanha, o passamento de São Pedro, bispo de Osma. († 1109)

  • Em Caleruega, também na região de Castela, a comemoração da Beata Joana, mãe de São Domingos. († s. XIII in.)

  • Em Barbastro, também na Espanha, os beatos Filipe de Jesus Munárriz Azcona, João Díaz Nosti e Leôncio Pérez Ramos, presbíteros e mártires. († 1936)

  • Também em Barbastro, o Beato Zeferino Giménez Malla, mártir. († 1936)

  • Em Híjar, localidade próxima de Teruel, na Espanha, o Beato Francisco Calvo Burillo, presbítero da Ordem dos Pregadores e mártir. († 1936)

  • Em Madrid, também na Espanha, o Beato Francisco Tomás Serer, presbítero da Congregação dos Terciários Capuchinhos de Nossa Senhora das Dores. († 1936)

  • Em Pianura, na Campânia, região da Itália, São Justino Maria Russolíllo, presbítero da diocese de Nápoles. († 1955)Fontes:

  • vatican.va e vaticannews.va

  • Martirológio Romano – liturgia.pt

  • Arquisp.org.br

– Produção e edição: Bianca Vargas

– Para acessar a postagem origital clique aqui.


Posts recentes

Ver tudo