top of page
Buscar

Trabalho análogo à escravidão na colheita do café

Os trabalhadores são migrantes das cidades de Berilo e Virgem da Lapa, região do Vale do Jequitinhonha, norte do estado de Minas Gerais e atuavam há um mês na colheita do café.

Essa ação fiscal foi coordenada pelos auditores-fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego e contou com a participação da Polícia Rodoviária Federal .

Os trabalhadores se deslocaram para a zona rural de Campestre em carro próprio e van, arcando com todos os custos da viagem e atendendo solicitação do empregador para atuar na colheita do café.

O empregador não havia realizado o pagamento do salário de junho e os trabalhadores estavam com dívidas em mercados da região.

O chefe do setor de Inspeção do Trabalho da Gerência do Ministério do Trabalho e Emprego de Poços de Caldas, Alexandre Scarpelli, conta a situação em que os trabalhadores foram encontrados



Comments


bottom of page